Graduação

 
Sketch-A-Day: Daily Sketches from Industrial Designer, Spencer Nugent – Page 344

Definição da Atividade Design de Produto 

O Design de Produto é uma atividade prática, fundamentada em teorias e procedimentos críticos, cujo principal objetivo é a configuração de artefatos no campo da inovação tecnológica, partindo de uma abordagem sistêmica, envolvendo diversas atividades e disciplinas, incluindo: processos cognitivos e criativos; questões de uso; cadeia produtiva; mercado, interação pragmática e emocional; propriedades formais; e dimensão estética, semântica e simbólica. Compreende criação e desenvolvimento de conceitos que resultem em produtos gerados a partir de uma estrutura de conexões englobando campos do conhecimento relevantes para a atividade, buscando, através de seus artefatos, proporcionar experiências que atendam às expectativas dos diversos segmentos de usuários durante a execução das mais variadas tarefas. Desta forma, devem ser contempladas experiências resultantes de expectativas tanto práticas quanto aquelas relacionadas a aspectos teóricos, emocionais e subjetivos. Assim, o Design deve combinar diversos fatores expressos em seus produtos que contribuam para uma experiência plena do usuário com o artefato, que incluem: experiência psicológica e emocional, caraterização estética, semântica do produto, impacto social e ambiental, ergonomia e fatores humanos, inovação tecnológica, eficiência, e durabilidade. Por fim, design deve explorar a configuração de seus produtos a partir da perspectiva de que possam ser significantes para seus usuários, a partir de uma perspectiva sistêmica.

 

Objetivos do Curso

O curso tem como principal objetivo formar profissionais habilitados a desenvolver produtos de diversas áreas dos sistemas produtivos passíveis de exploração no universo do design de produto, consonante com o perfil industrial e de produção diversificado da Paraíba e do Brasil. Dessa forma, o egresso do Curso de Design da UFCG, estará habilitado a desenvolver produtos para as diversas áreas desse sistema.

O curso objetiva, portanto, oferecer ao estudante uma visão sistêmica nas diversas etapas que compõem o processo de design que inclui: concomitância com a evolução de aspectos sociais, culturais, econômicos e tecnológicos; pesquisa, análise e crítica de informações coletadas; processos criativos; processos produtivos; inserção do produto no mercado. O estudante poderá sempre desenvolver e exercer sua capacidade criadora seguindo processos metodológicos que proporcionem uma perspectiva sistêmica de todas as etapas e estágios envolvidos no ciclo de vida do produto desde sua concepção até sua utilização.

 

Princípio Fundamental do Curso

O princípio pedagógico e filosófico do Curso de Design da UFCG está fundamentado em uma abordagem sistêmica do Design. Para efeito de caracterização do curso da UFCG, a abordagem sistêmica está fundamentada enquanto processo de identificação, abordagem, investigação, crítica, compreensão e exploração dos elementos de um todo que influenciam e são influenciados reciprocamente. Esse princípio deverá ser adotado como filosofia do curso, e aplicado não apenas às atividades localizadas, como no desenvolvimento de projetos, mas para todas as atividades relacionadas às demais disciplinas e demais atividades do curso. Seguindo este princípio, todas as disciplinas deverão ter seus conteúdos e metodologias construídos e desenvolvidos sob a perspectiva do inter-relacionamento com as demais, e principalmente, com as disciplinas de Projeto. Desta forma, caracteriza-se o princípio de inter-relações entre disciplinas, entre projetos, entre usuário-produto, e também extensivo para professores e alunos. As diversas faces do design e suas conexões interdisciplinares (funcionalismo, estética, ergonomia, teoria, produção industrial, marketing, ecologia, emoção, semântica, entre outras) são exploradas através do princípio de inter-relações configuracionais, onde as diversas dimensões são igualmente importantes e se influenciam.

Deste modo, o design passa a ser entendido como um diferencial que busca a qualidade e a excelência dos produtos e serviços, bem como um meio de transformação de ideias em negócios. Além disso, o design viabiliza, industrialmente, através da utilização da tecnologia, os processos de inovação relacionados à concepção, desenvolvimento e produção de artefatos para a sociedade.

O regime acadêmico é o de Sistema Seriado Por Períodos. O estudante também deverá se matricular em uma carga horária que respeite os limites mínimo e máximo por período.

a carga horária mínima e máxima de matrícula por período, e o tempo mínimo e máximo para conclusão do curso são, respectivamente:

 

CARGA HORÁRIA MÍNIMA POR PERÍODO 240 HORAS (16 CRÉDITOS)
CARGA HORÁRIA MÁXIMA POR PERÍODO 390 HORAS (26 CRÉDITOS)
TEMPO MÍNIMO PARA CONCLUIR O CURSO 3 ANOS E MEIO (7 PERÍODOS)
TEMPO MÁXIMO PARA CONCLUIR O CURSO 5 ANOS E MEIO (11 PERÍODOS)

 

Fluxograma das Disciplinas